pt | eng
voltar

Dieta mediterrânica

A dieta mediterrânica, de origem e hábito secular, resulta de uma saudável e equilibrada combinação de ingredientes, contendo as quantidades essenciais de antioxidantes (Vitaminas C e E) e produtos de origem vegetal indispensáveis, que regulam o funcionamento do organismo.

Característica dos países que constituem a bacia do mediterrânico, este tipo de alimentação é rica em cereais, fruta, vegetais, peixe, legumes secos e azeite, resultando numa combinação harmoniosa dos melhores ingredientes tradicionais, proporcionando uma vida saudável.

O azeite pode ser considerado um dos alimentos mais importantes na dieta mediterrânica. Com vitamina E, e um grande poder antioxidante, o azeite mantém os níveis de lipoproteínas HDL (bom colesterol) elevados, evitando assim o depósito de colesterol LDL (mau colesterol) dentro das artérias, o qual, quando sofre oxidação, origina as mais variadas doenças de coração. Este apresenta ainda propriedades estimulantes da vesícula biliar e fígado, favorecendo a digestão.

Principais bases de uma dieta mediterrânica

- Opte por alimentos ricos em fibra e de origem vegetal, incluindo frutas e legumes, cereais e pão, massa e arroz, batatas, feijão;

- O azeite deverá ser a principal fonte de gordura da sua alimentação, substituindo grande parte dos outros tipos de gorduras (manteiga, margarina e óleos alimentares);

- Consuma lacticínios de forma moderada, em especial o queijo e o iogurte;

- Açúcar refinado, doces e mel, deverão ser ingeridos de forma ocasional;

- A carne vermelha (vaca, vitela, borrego, carneiro, porco, etc.) deverá ser consumida de forma limitada;

- Consumo moderado de vinho (geralmente às refeições);

- Café e chá, deverão ser bebidos com moderação;

- Pratique exercício físico de forma regular, promovendo a manutenção do seu bem-estar físico e psíquico, ao mesmo tempo que controla e mantém um peso saudável.

Apesar de ser este o ideal de alimentação a seguir, grande parte das vezes não é cumprida, fruto do ritmo de vida que levamos, ficando cada vez mais distantes do padrão de alimentação mediterrânico e dos seus comprovados benefícios.

A prática de hábitos saudáveis, com uma alimentação racional e equilibrada, juntamente com a prática regular de exercício físico, deverá ser constante, procurando envolver familiares e amigos.


voltar